O QUE É UM HACKATHON?

12 Motivos para participar de um Hackathon  - Fonte: TecnoMundo

A palavra em si vem da junção das palavras inglesas Hack e Marathon. Ao contrário do que povoa o imaginário de muita gente, hackers não são criminosos. Parafraseando a Wikipedia, hacker é quem se dedica, com intensidade incomum, a conhecer e entender profundamente sistemas, dispositivos, programas e redes de computadores. E maratona é uma corrida de longa distância que demanda bastante energia de seus participantes. Assim, um HACKATHON trata-se uma uma competição em que programadores, designers, business e quem mais se interessar se juntam e ficam em imersão, numa troca interdisciplinar, para pensar, desenvolver e dar ao menos um start numa ideia.Fonte:Estadão

TURISMO INTELIGENTE

O Turismo Inteligente facilita a interação e a integração do visitante antes, durante e depois da viagem, incrementando a qualidade de sua experiência com o destino. A origem do conceito de destino turístico inteligente que surgiu em 2012 na Catalunha não pode ser associado unicamente com a abordagem de Smart Cities pois tem como pilares as novas tecnologias de informação e o desenvolvimento turístico sustentável, caracterizando-se por: Um espaço turístico inovador; Tecnologia de vanguarda; Desenvolvimento sustentável; Gestão eficiente dos recursos; Competitividade do setor turístico; Qualidade da experiência turística; Interação e integração e Acessibilidade. Adaptato de: O que são destinos turísticos inteligentes?

REGIÃO TURÍSTICA COSTA VERDE & MAR

A Costa Verde & Mar, localizada na região centro norte do Estado de Santa Catarina, se consolida como região turística detentora de inúmeras opções de lazer e entretenimento para todos os públicos, belezas naturais, exuberantes, gastronomia típica e temática, manifestações culturais variadas, compras e muito mais. Situada no litoral norte catarinense, a apenas 83 km da capital, Balneário Camboriú conquistou espaço como um dos destinos turísticos mais procurados e desejados do Brasil. Modernas construções se unem às belezas naturais para apresentar o que a capital catarinense do turismo tem de melhor: belas, praias, prédios contemporâneos, gastronomia, vida noturna e Mata Atlântica. Boa infraestrutura urbana, índices de saúde comparáveis aos de países europeus, tranquilidade e segurança conquistam quem chega à Balneário Piçarras. Com localização privilegiada, às margens da BR-101 e próxima dos principais centros de lazer e compras do Estado, a cidade combina belezas naturais, desenvolvimento e qualidade de vida.Visite o site e conheça tudo sobre a Costa Verde & Mar

Programação



REGULAMENTO - Hackathon: “Desafio Turismo Inteligente”



Este regulamento contém informações básicas e regras sobre o funcionamento da 1ª Edição do Hackathon “Desafio Turismo Inteligente”, doravante denominado “Evento”. É imprescindível que o candidato leia o inteiro teor deste documento para melhor compreender e aproveitar o Evento. Todas as regras e disposições deste documento se aplicarão durante todo o período de realização do Evento.



DOS REALIZADORES E OBJETIVO

1.1 O evento denominado “Hackathon Desafio Turismo Inteligente” reunirá, na forma de maratona, programadores, desenvolvedores e inventores em geral, com o objetivo de promover o desenvolvimento de soluções tecnológicas (aplicativos web / mobile e software, dentre outros) e projetos que fomentem o turismo inteligente. O DESAFIO TURISMO INTELIGENTE – 2017 é promovido em parceria pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina – SEBRAE/SC, Consórcio Intermunicipal de Turismo Costa Verde & MAR – CITMAR e pelo Instituto Federal Catarinense – IFC, Campus Camboriú, que são denominadas “Instituições organizadoras”, no presente regulamento.

DO OBJETIVO

2.1 O tema do Hackathon “Desafio Turismo Inteligente” será “Soluções para o turismo inteligente aplicáveis na região turística Costa Verde & Mar”, cuja ideia é melhorar a experiência e interatividade entre o turista e os agentes do turismo local, pensar na inovação na forma de produzir e consumir conteúdo através do desenvolvimento de protótipos, web/mobile, softwares e outros projetos que possam ser aplicados ou desenvolvidos para esse objetivo.

DATAS E LOCAL

3.1 O HACKATHON “Desafio Turismo Inteligente” acontecerá nos dias 21 ( quinta) e 22 ( sexta) de setembro de 2017, durante a realização do 8º e-TIC – Encontro de Tecnologia da Informação e Comunicação do IFC Camboriú, conforme programação a seguir:

21/08 ( quinta-feira)

7h30 – Credenciamento

8h0 - Palestra de abertura

10h – Início da Maratona

18h – Encerramento do dia

22/08 ( sexta-feira)

8h – Início da Maratona – 2º dia

18h – Entregas do material desenvolvido pelas equipes.

19h às 22h30 - Apresentações das propostas, análise e premiações

3.2 O 8º e-TIC será realizado nas dependências do IFC – Instituto Federal Catarinense, localizado na Rua Joaquim Garcia, s/n - Centro, Camboriú - SC, 88340-055.

DA INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO

A inscrição do evento, ocorrerá através do site www.etic.ifc-camboriu.edu.br, com o preenchimento do formulário e mediante aceite online do Regulamento.

4.1 Para menores de 18 ( dezoito) anos, será necessária autorização do responsável legal.

4.2 As inscrições serão realizadas no período de 01 de setembro (sexta-feira) à 15 de setembro de 2017 (sexta-feira), até as 23h59, horário de Brasília, DF, Brasil, sujeito a prorrogação.

4.3 O Hackathon “Desafio Turismo Inteligente” é destinado a participação de pessoas físicas com conhecimento e/ou experiência em, pelo menos, uma das áreas relacionadas a seguir:

4.3.1 Programação e desenvolvimento de sistemas;

Design gráfico;

Gestão de negócios

Turismo;

Comunicador.

4.4 O preenchimento e envio do formulário eletrônico de inscrição não garante a participação no Hackathon “Desafio Turismo Inteligente”. Cabe ao interessado confirmar a presença, realizando o seu check-in on line até o dia 18/09/2017 às 12h, para então, efetivamente, garantir sua participação na maratona. As instruções de confirmação de presença serão enviadas por e-mail pela comissão organizadora da maratona e /ou disponibilizadas no site do evento.

4.4.1 Os participantes da maratona com as inscrições deferidas até o dia 18 de setembro de 2017 (segunda-feira), receberão a confirmação por e-mail e obrigatoriamente, deverão realizar check-in. As credenciais serão entregues ao início do evento e devem sempre estar visíveis durante toda a permanência no evento.

4.5 O número de vagas para o Evento é limitado 80 (oitenta). O critério para seu preenchimento e distribuição, será por ordem de inscrição e cumprimento do regulamento. Interessados que, porventura, não possam participar do Evento, poderão ficar em nossa base de dados para participação em possíveis Eventos futuros.

4.6 Poderá se inscrever e participar do Evento, qualquer interessado, desde ainda que não tenha qualquer relação de trabalho com o Instituto Federal Catarinense, com o Sebrae ou CITMAR, sob qualquer formato de contratação, no momento da inscrição.

4.7 Reconhece o participante que sua inscrição e eventual participação no Evento é feita de forma gratuita e não-onerosa, bem como, na hipótese cabível, não constitui compromisso ou promessa de qualquer relação presente ou futura com as instituições organizadoras.

4.8 A participação no Hackathon “Desafio Turismo Inteligente”, é voluntária, gratuita, nominativa e intransferível.

4.9 A participação se dará de forma exclusivamente presencial do inscrito na data da maratona, não sendo aplicável a participação externa por meio de programas e ferramentas on-line .

4.10 O participante que não estiver no local do “Hackathon Desafio Turismo Inteligente” até às 8h do dia 21 de setembro de 2017, terá sua inscrição automaticamente cancelada.

4.11 Os participantes competirão exclusivamente em equipes formadas por 5 (cinco) pessoas, observando sempre o tema macro: “Soluções para o turismo inteligente, aplicáveis na região turística Costa Verde & Mar”.

4.12 Os participantes não poderão apresentar projetos elaborados em Hackathons anteriores.

4.13 Os participantes deverão portar consigo equipamentos pessoais (notebook / desktop / tablet / smartphone) para o desenvolvimento das soluções propostas, uma vez que as Instituições Organizadoras, não fornecerão equipamentos. A voltagem de rede elétrica será 220V.

4.14 Será disponibilizada estrutura de acesso à internet, de forma gratuita, para apoio no desenvolvimento dos projetos.

FORMAÇÃO DE EQUIPES

5.1 As equipes poderão ser previamente formadas pelos próprios participantes, no entanto, serão anunciadas no início do evento.

5.2 A comissão organizadora será responsável por auxiliar na organização das equipes ou liderar o processo de formação de equipes incompletas, além de incluir, se necessário, participantes sem equipe, respeitando sempre o limite máximo de até 5 (cinco) pessoas por equipe.

5.3 Caberá à comissão organizadora aprovar qualquer formação de equipe diferente daquela descrita acima.

5.4 Será disponibilizado local específico e adequado para descanso nas dependências do IFC, onde será realizado o Hackathon desafio Turismo Inteligente. Haverá sanitários nas proximidades.

5.5 Será disponibilizada alimentação e bebidas não alcoólicas durante a realização da maratona, nos dias 21 e 22 de setembro de 2017.

5.5.1 Os participantes estão sujeitos às leis e normativas federais ao qual o Instituto Federal Catarinense, está submetido, como por exemplo, a não permissão de fumar ou consumir drogas.

5.6 Não será permitido em nenhuma hipótese conduta desrespeitosa a qualquer integrante da comissão organizadora, colaboradores das entidades, participantes do evento. O infrator será desclassificado e convidado a se retirar das dependências do IFC, e sua credencial de acesso será revogada e cancelada.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

6.1 No dia 22 de setembro de 2017 (sexta-feira) a partir das 19h, os avaliadores convidados pela comissão organizadora farão a análise e avaliação para validar as soluções tecnológicas desenvolvidas pelas equipes.

6.2 Por meio dessa análise, serão definidas 3 (três) equipes finalistas, que serão anunciadas no dia 22 (sexta-feira), a partir das 19h e após a apresentação.

6.3 Apenas 1 (um) representante de cada equipe finalista apresentará aos integrantes da banca julgadora, no modelo de “elevator pitch” (uma apresentação sucinta, cativante, geral e rápida) da solução criada durante a maratona, em até 4 (quatro) minutos.

6.4 A ordem das apresentações das equipes será definida através de sorteio.

6.5 Serão consideradas vencedoras a equipe avaliada com a melhor pontuação, tendo por base os critérios:

CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO:Serão avaliadas a originalidade e as alternativas para executar tarefas de uma maneira nova ou diferente das já existentes no mercado. 25%

QUALIDADE TÉCNICA: Será avaliado o quanto o projeto atende a parâmetros de usabilidade, acessibilidade, facilidade de compartilhamento, alteração e execução. 25%

VIABILIDADE:Serão avaliados os recursos necessários para a aplicação da solução tecnológica desenvolvida. 25%

APLICABILIDADE:Será avaliada a real aplicação da solução na Região Turística Costa Verde & Mar 25%

SIGILO E CONFIDENCIALIDADE

7.1 O participante deverá manter o mais absoluto sigilo com relação a qualquer informação recebida proveniente da participação no Evento, bem como os organizadores, se comprometem desde já, a manter sigilo total de todos os dados enviados pelos Participantes. O banco de dados gerado em função das inscrições será de inteira propriedade dos organizadores do evento, que poderão utilizá-lo sem qualquer ônus, para fins lícitos, da forma que melhor lhe prouver.

7.2 O participante autoriza os organizadores a divulgar seu nome e o título do projeto, tal qual informado na ficha de inscrição para fins estatísticos e de divulgação dos resultados desta 1ª Edição do Hackathon “Desafio Turismo Inteligente”.

PROJETO VENCEDOR

8.1 A organização premiará os 03 (três) melhores projetos desenvolvidos durante o Hackathon e julgará conforme os critérios estabelecidos do projeto elaborado. O julgamento dos projetos será realizado em uma única etapa, sendo concedida uma Premiação Principal para o projeto vencedor, que será conhecido no último dia do Evento, conforme programação a ser oportunamente divulgada.

DA PREMIAÇÃO

9.1 No dia 22 de setembro de 2017 (sexta-feira) a partir das 19h, no encerramento do Hackathon Desafio Turismo Inteligente, será realizada a cerimônia de premiação contando com a presença dos finalistas.

9.2 Serão premiadas as 3 ( três) equipes melhor avaliadas pela banca julgadora:

9.2.1 1º lugar - Cada participante do grupo que tiver seu projeto selecionado como o melhor pela banca avaliadora do Hackathon receberá, como prêmio principal, uma visita de 02 (dias) dias ao Instituto Tecnológico Genesis e Rio Criativo - Rio de Janeiro – RJ, incluindo passagem aérea ida e volta e hospedagem, em data a ser informada oportunamente.

9.2.2 2º lugar – Cada participante do grupo que tiver seu projeto selecionado como a segunda melhor equipe pela banca avaliadora, receberá como premiação, uma Inscrição no “Workshop de Inovação SEBRAE/SC”, em datas a ser confirmadas. Os participantes do grupo - 2º lugar - concorrerão entre si ao sorteio de 2 (duas) bolsas de participação no Seminário Empretec , em datas a serem confirmadas.

9.2.3 3º lugar – Cada participante do grupo que tiver seu projeto selecionado como a terceira melhor equipe pela banca avaliadora, receberá como premiação, uma inscrição no “Workshop de Inovação SEBRAE/SC” e 1 (um) Passaporte de entrada no Parque Beto Carrero.

9.3 O (s) participante (s) vencedor (es) não terão seu prêmio negociado ou substituído por qualquer outra espécie de bens ou serviços, nem convertidos em dinheiro.

9.4 Toda e qualquer responsabilidade e despesas de documentação necessária para usufruir do prêmio é exclusivamente do vencedor.

9.5 O prêmio é pessoal e intransferível, não podendo ser cedido e/ou usufruído por qualquer terceiro que não faça parte da equipe vencedora do Hackathon “Desafio Turismo Inteligente”.

9.6 Após a emissão da premiação, toda e qualquer despesa com eventuais alterações de data será de responsabilidade do participante premiado.

9.7 Caso o participante premiado não possa usufruir por falta de documentação, atraso ou falta de comparecimento no aeroporto e horário determinado, a organização não terá responsabilidade alguma sobre o fato e não reverterá o valor do prêmio em dinheiro ou qualquer outra forma de premiação. Despesas extras e eventuais são de responsabilidade dos participantes.

POLÍTICA DE REDE E SEGURANÇA

10.1 Os participantes terão acesso gratuito à Internet durante o Evento, bem como recursos de rede. A equipe da 1ª Edição do Hackathon DESAFIO TURISMO INTELIGENTE – 2017, disponibilizará oportunamente instruções para o acesso à rede, durante o Evento. Note que a rede será continuamente monitorada durante a realização do Evento, por motivos de segurança, pelo que o participante deverá utilizar os recursos disponíveis única e exclusivamente para finalidades do Evento.

10.2 Utilização diversa do ora previsto deverá ser previamente autorizada pela equipe do Evento, não sendo tolerada qualquer utilização desvirtuada ou considerada ilícita pelos participantes, cabendo discricionariamente à equipe do Evento o julgamento e providências referentes a cada caso, de forma absolutamente soberana e irrecorrível.

10.3 Os participantes não poderão usar os serviços para violar a segurança ou a integridade de qualquer rede, computador ou sistema de comunicação, aplicativo de software ou dispositivo de rede. As atividades proibidas incluem, mas não estão restritas a: acesso não autorizado, intercepção, falsificação de origem e negação de serviço (DoS)l.

RESPONSABILIDADE LIMITADA

11.1 A responsabilidade das Instituições Organizadoras do Hackathon “Desafio Turismo Inteligente”, é limitada à organização e execução do Evento, na forma definida neste informativo. Os organizadores, não serão responsáveis por quaisquer prejuízos e danos sofridos pelos participantes que não tenham sido provocados direta e culposamente por elas. Por isso, recomendam fortemente, por razões de segurança, que os participantes não deixem a área destinada ao Evento durante o período proposto.

11.2 A equipe do Evento não está habilitada a intervir, nem será responsabilizada, por quaisquer fatos que ocorram fora do espaço designado ao Evento e/ou que não guardem relação com o mesmo, em especial, no período em que não é permitida a estada no local do evento. Os organizadores, ainda, não serão responsabilizados por eventos imprevisíveis ou por eventos que, ainda que previsíveis, apresentem-se sob forma excessiva ou extraordinária, nem nas hipóteses de caso fortuito ou força maior. Também não será responsabilizada nas hipóteses em que outros agentes tenham contribuído com culpa ou dolo, incluindo a própria vítima, e nas hipóteses em que, ainda que tenha as instituições organizadoras, agido dentro do razoavelmente exigido, por fatores externos e/ou independentes, o dano ou prejuízo não tenha sido ou não pôde ser evitado.

11.3 O Evento poderá ser suspenso, adiado ou cancelado por qualquer razão. Nenhuma das disposições deste regulamento gera qualquer direito líquido e certo ou qualquer expectativa de direito a qualquer participante com referência a qualquer objeto.

DISPOSIÇÕES GERAIS

12.1 Quaisquer dúvidas, divergências ou situações não previstas neste Regulamento serão julgadas e decididas de forma soberana e irrecorrível pela organização do Evento.

12.2 A aceitação on line dos termos deste Regulamento pelos participantes, condição prévia para a participação regular na 1ª Edição do Hackathon DESAFIO TURISMO INTELIGENTE, também implicará na expressa autorização e licenciamento gratuitos, mundiais, livres de pagamento de royalties, por prazo indeterminado, a qualquer uma das instituições organizadoras, para fins de reprodução parcial ou integral, edição, adaptação, tradução para qualquer outro idioma, publicação, transmissão, emissão, distribuição e comunicação ao público por quaisquer meios e em quaisquer formatos de:

12.2.1 Nome, imagem, vídeo e voz dos participantes que poderão ser gravados durante o período de participação neste Evento, a critério da equipe organizadora;

12.2.2 Divulgação do escopo, conteúdo e funcionalidades do projeto vencedor. Os participantes vencedores ou qualquer dos participantes não terão direito ao recebimento de quaisquer valores, seja a que tempo e/ou a que título for, em virtude de qualquer forma de utilização, divulgação e reprodução.

12.3 Os participantes declaram, ainda, que qualquer funcionalidade dos respectivos projetos, bem como os próprios projetos desenvolvidos para a participação neste Evento não ofendem ou transgridam quaisquer direitos de terceiros, especialmente direitos de propriedade intelectual; não são ofensivos, injuriosos, difamadores; nem são de qualquer forma ilegais ou ilícitos.

12.4 Os participantes concordam em indenizar e ressarcir a organização, caso esta venha a ser questionada por quaisquer das hipóteses previstas acima.

12.5 No que se refere a salvaguarda dos direitos de propriedade intelectual, essa é de responsabilidade única, exclusiva e intransferível dos participantes (membros que integram as próprias equipes que desenvolveram as soluções tecnológicas), cabendo apenas a eles próprios eventual registro para a proteção dos seus direitos nos órgãos competentes.

12.6 Se a organização do Evento, de acordo com os critérios estabelecidos única e exclusivamente por ela mesma, concluir que qualquer participante obteve qualquer vantagem indevida mediante a utilização de meios fraudulentos e/ou quaisquer outros mecanismos considerados inadequados pela organização do Evento, o referido participante, bem como a sua equipe, será imediatamente desclassificada.

12.7 Quaisquer disputas, controvérsias ou reclamações que surgirem entre os participantes e o Hackathon, relacionadas aos termos deste Regulamento deverão ser, exclusivamente, dirimidas perante o Foro da Comarca da Cidade de Balneário Camboriú, com exclusão de qualquer outro por mais privilegiado que seja.

12.8 A organização do evento não se responsabilizará por quaisquer danos ou perdas dos equipamentos e objetos pessoais dos participantes.